Vereador cobra celeridade do governo do estado á conclusão abastecimento de água e barragem de nível em Santa Rita

DSC_0967O vereador Paulo Martins (PHS), reapresentou nesta terça-feira (18), no plenário da Câmara de Santa Rita, mais um requerimento cobrando do governo do estado da Paraíba por meio da CAGEPA, a conclusão dos serviços de ampliação de abastecimento de água que vai beneficiar os Bairros de Eitel Santiago, Tibiri ll, Marcos Moura e loteamentos adjacentes que vem sofrendo a falta do líquido precioso á bastante tempo e que a obra vem se arrastando a passos de tartaruga, além da barragem de nível que vai desafogar todo o sistema da cidade, disse o parlamentar

O vereador esboçou uma preocupação muito pertinente que é a chegada do verão, aonde o consumo de água aumenta com á temperatura elevado de sua estação, e com a comunidade sofre constantemente com o racionamento d’água, e “estamos pedindo ao governo do estado que conclua aquela obra de suma importância para aquele Bairro populoso e que se desenvolve a cada dia”, tendo em vista que a obra se arrasta á quase uma década, desabafou Paulo Martins.

“As obras de ampliação do abastecimento de água de Tibiri ll,  do governo do estado iniciou no governo Cássio C. Lima, passou pelo governo Maranhão e agora passou pelo primeiro mandato do governo socialista Ricardo Coutinho, e entrou no segundo para o governo, e nada dessa obra vir a ser concluída, e Santa Rita, é a única cidade do Brasil, que sofre com o racionamento de água, muito embora, seja uma cidade que exporta água, batizada como a cidade das ‘águas Minerais’, aonde a população sofre constantemente com a falta d’água nas torneiras”, apelou o vereador Paulo Martins.

Preocupado ainda com a situação de abastecimento, o vereador disse, que a barragem de nível que está em andamento a mais de cinco anos que vai beneficia toda região sul de Tibiri ll, após sua conclusão irá desafogar todo o sistema de abastecimento de água de toda a Santa Rita, haja vista, que a vazão de água do sistema atual é insuficiente e com a barragem concluída notoriamente passa a existir dois sistemas para a cidade, acabando assim o racionamento e transcorrendo normal o abastecimento para a população, enfatizou.

Conforme Paulo Martins afirmou que vai requer uma audiência pública e uma visita a Companhia de Água e Esgoto da Paraíba – CAGEPA, para maiores esclarecimentos do superintendente da não conclusão da obra e dos aumentos que a população tem sofrido para pagar as contas no final do mês, o vereador exemplificou ainda que a taxa de ligação de água custava R$ 102,00 e sofreu aumento para 355,00, alem do mais uma taxa de re-ligação de corte custava R$12,00 e agora passa a ser 52,00 que é u absurdo principalmente em momento de crise que o país atravessa com aumento de mais 300% com o desabastecimento do produto e a situação financeira do povo que a maioria são pessoas carentes, enfatizou o parlamentar.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente.