Vereador critica Ricardo Coutinho pela falta d’água em Santa Rita; e ao completar seis anos da barragem de nível paralisada.

Vereador critica Ricardo Coutinho pela falta d’água em Santa Rita; e ao completar seis anos da barragem de nível paralisada.

paulo martins cagepaO vereador Paulo Martins (PHS), usou a tribuna da Câmara de Santa Rita nesta última quinta-feira (31) e reiterou os mais diversos apelos ao governador do Estado da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB), a máxima atenção pela conclusão da obra da barragem de nível que está paralisada que vai beneficia cerca de mais 40 mil habitantes do conjunto de Tibiri ll, e a constante falta d’água que antes era só apenas no bairro e agora ultrapassou para toda comunidade santarritense durante três e quatro dias sem o abastecimento d’água chegando a se estender até a semana toda, a obra do governador no mínimo é fantasiosa e pior que o bicho preguiça, disse.

Paulo Martins afirmou ainda que o sistema de capacitação d’água do conjunto de Tibiri ll está ultrapassado anos e o ex-governador e atual senador José Maranhão iniciou a obra e ao completar quase 10 anos de seu início e seis (6) anos do governo socialista piorou ainda mais que é um entrave na vida dos santarritenses de um modo geral, estamos pagando caro pelo produto sem existir nas torneiras se quer dar para atender as necessidades básicas da população.

“É um verdadeiro martírio para a população de Santa Rita pagar tão caro pelo produto água e não existir nas torneiras, antes era só no conjunto de Tibiri ll, e hoje, passou a faltar em toda cidade e a população sofrendo e pagando caro, e o sistema de ampliação que foi iniciado continua paralisado e o governador sem a mínima atenção e respeito a população de Santa Rita que último 1º de fevereiro reajustou em 22% na tarifa sobre o consumo dos usuários e que o abastecimento falta constantemente e a população não tem a quem recorrer, desabafou o vereador Paulo Martins.

O parlamentar disse ainda que estar se reunindo há bastante tempo com a população e discutindo uma meio para solucionar com o interrompimento do abastecimento d’água que vem prejudicando a população, indústria, comércio  de um modo geral, e chegou a conclusão que a comunidade vai provocar a justiça com uma ação civil pública solicitando o bloqueio das cobranças das contas no final do mês sem que haja o produto e tão pouco a prestação de serviço de saneamento básico que não existe em Santa Rita, conclamou Paulo Martins.

O vereador revelou também que apresentou um requerimento que foi aprovado no plenário da Câmara de Santa Rita solicitando uma “sessão especial” convocando os diretores da CAGEPA, para que eles expliquem o que está acontecendo sob esses desmandos que está atormentando a população que paga caro e não usa o produto água que pela maioria das vezes pagamos pelo vapor das torneiras que essencial para o consumo na vida humana, frisou.

Paulo Martins ressaltou também que Santa Rita é a cidade das águas minerais e exportadora do produto e a população passa por verdadeiras privações  para o consumo e os investimentos que vai beneficiar a população com a obra do sistema de ampliação da barragem de nível continua paralisada e o povo sofrendo pagando caro que sofreu a poucos dias mais um reajuste de mais de 400% sufocando a população tanto no corte do fornecimento e pela re-ligação para o abastecimento que a CAGEPA tem prestado um péssimo serviço a população. O vereador Paulo Martins  pediu a presidente da Câmara que o mais rápido possível marque uma data  para que aconteça a sessão especial com a população e os diretores da CAGEPA para esclarecer o por que da paralisação da obra que vai completar seis anos, finalizou o vereador do bairro Paulo Martins.

Lamartine do Vale