Vereador é contra PL que sugere o uso do SUS aos políticos de JP

sérgio da Sac lllO vereador Sérgio da Sac (PSL) se pronunciou contra o projeto de lei municipal que sugere o uso dos serviços oferecidos pelo Sistema único de Saúde (SUS) pelos eleitos no Executivo e Legislativo da Capital. O discurso foi realizado durante a sessão ordinária desta quinta-feira (10), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

“Acho que o que acontece hoje é que ninguém respeita a Constituição e todo mundo quer aparecer. Daí surgem os direitos da mulher, do afrodescendente e de outros grupos sociais como tentativas de se criar mecanismos para se fazer cumprir o que deveria ser efetivo.  Para dar exemplo, não precisa dizer o que se é. É preciso dar bom exemplo à população, o que se faz com coragem e verdade. Vamos deixar de demagogia, que ela implica em pagar algum preço”, alertou.

Na ocasião, Sérgio da Sac explicou que todo cidadão sonha com o melhor para si e que trabalha para tentar melhorar de vida. “Temos opções na vida. Eu pago plano de saúde e previdência privada e não abro mão disso. Numa atitude mais extrema, dentro do raciocínio desse projeto de lei, teríamos que banir as faculdades particulares, acabar com os shoppings, restaurantes e utilizar apenas os centros comerciais e restaurantes populares?”.

Os parlamentares Chico do Sindicato (PP), Raíssa Lacerda (PSL), Djanilson (PPS) e Fernando Milanez (PMDB) também se mostraram contra o projeto criticado por Sérgio da Sac. “Eu desafio Raoni Mendes (PDT), autor da propositura, a irmos juntos utilizar os serviços do SUS em diversos bairros da cidade. Poderíamos firmar um termo de compromisso para isso. Esse projeto não tem fundamento”, declarou Chico do Sindicato.

“Sou totalmente contrária a qualquer tipo de demagogia. Acho que o vereador tomaria uma vaga de alguém que precisa do SUS. Achei o projeto inoportuno, demagogo e não cabe nesta Casa”, aparteou Raíssa Lacerda. “Os médicos do SUS são os mesmos da rede privada. Tenho convicção de que teremos um sistema de saúde público em João Pessoa tão bom quanto o particular. A rede particular também sofre com filas tanto quanto a pública”, salientou Fernando Milanez.
Parlamentar garante que projeto tramitará na CMJP

Na ocasião, Bosquinho (DEM) lembrou que cada parlamentar tem liberdade de expressar suas  opiniões acerca dos projetos. “Raoni Mendes apresentou o projeto com as melhores das intenções. Somos responsáveis pelo que falamos nesta Casa e temos que respeitar os mandatos de cada um de nós. O projeto vai tramitar nas comissões da CMJP e averiguaremos se haverá legalidade da matéria”, comunicou.
Haryson Alves