Vereador ingressa na justiça e OAB para processar procurador da prefeitura de Santa Rita por cooptação e agressão na sessão da Câmara.

Vereador ingressa na justiça e OAB para processar procurador da prefeitura de Santa Rita por cooptação e agressão na sessão da Câmara.

Farias processoO vereador Severino Farias (PDT), ingressou nesta quinta-feira (7), com uma ação na justiça criminal contra o procurador da prefeitura de Santa Rita-PB, Marcelo Trindade, além de que vai provocar também no conselho de ética da Ordem dos Advogados do Brasil –OAB-PB, por tentativa de cooptação na votação de projetos na sessão ordinária, aonde foi coagido na sala de imprensa da Câmara de Santa Rita-PB, na       última quinta (22/03), e agressão verbal, aonde na oportunidade os vereadores apreciavam os projetos de Lei 15, 16 e 17 ambos de origem do executivo que gerou a maior confusão que foi preciso acionar a polícia militar para acalmar os ânimos.

Conforme o vereador Farias (PDT), que é vítima de agressão e tentado a cooptar na votação dos de três projetos pelo procurador da prefeitura de Santa Rita  afirmou que a sessão ordinária se encontrava estava paralisada por que os projetos não estavam assinados pelo prefeito e que segundo o 1º secretário da casa o vereador João Júnior os projetos não preenchiam os requisitos como manda o regimento interno que rege a casa, dai então, foi quando gerou toda essa agressão do procurador após a negativa de autoria do vereador Farias, o procurador ficou enfurecido e só não fui (Farias) agredido fisicamente por que fui socorrido pelo filho de um vereador que se fazia presente naquele momento, aonde foiram separados evitando um confronto físico entre ambos que logo após acenou mais um incidente com um  outro vereador no corredor da Câmara de Santa Rita, revelou o vereador Farias.

“Estou ingressando com uma representação na justiça comum, na delegacia federal e no conselho ética da OAB-PB para que esse advogado que está conhecido em Santa Rita como a “Trindade do mal”, não em lugar algum,  isso é muito feio para o prefeito Netinho que entregou a prefeitura a esse advogado de fora que tenta humilhar o povo de Santa Rita e não respeita os vereadores em Santa Rita principalmente se não fizer a vontade dele o procurador, o prefeito Netinho está mal assessorado principalmente no eleitoral com pessoas desse tipo violenta que Santa Rita é terra de homem e ninguém aqui tem medo de cabra safado que desconhece ele na cidade”, declarou o vereador Farias.

Os vereadores João Júnior (PSB) e Josa de Nezinho (PSB), no uso da tribuna reforçaram também a denúncia contra o procurador Marcelo Trindade afirmando que sofreram atentados de aliciamento pelo procurador  de projetos do executivo na Câmara de Santa Rita, os vereadores afirmaram que testemunharão em favor do vereador Farias em vários processos que pedem indenização pela sua reputação que o procurador anda na Cidade falando mal dos vereadores pela sua posição que é contrária a base do prefeito no parlamento.

Lamartine do Vale.