Vereador justifica corte de gratificação de professor da gestão Panta, oposição questiona, veja vídeo

Em sessão polêmica, vereadores se desentendem e bate boca sobre projeto da gestão Panta que extingue gratificações de diretores de escolas e creches do município. O vereador da bancada do prefeito Anésio Miranda (PSB) explicou da constitucionalidade do projeto e que não trás prejuízo aos servidores e que as gratificações continuam sendo efetivamente pagas aos servidores, apenas as cujas gratificações não serão incorporadas para a aposentadoria e é questionados por vereadores de oposição.

Para o vereador Sebastião do PT disse que seu medo é o prefeito Panta voltar a cobrar o que foi recebido por anos atrás recebido pelos servidores e questiona o projeto que nada como garantia para o servidor estornar o que foi recebido, frisou.

Já para o socialista Carlos Pereira afirmou que nem tudo que se é copiado pelo governo do estado não é bom, e eu não quero tirar do munícipes e nossa ideia é trazer benefício, e nem eu e nem o vereador Anésio Miranda podemos copiar o que tira dos servidores como bom exemplo e critico ambos projetos e ainda o vereador socialista declarou voto contra ao projeto da gestão Panta, alegou, veja o vídeo.

O projeto que extingue gratificação de servidores não foi votado ainda devido a confusão formada entre os vereadores que resultou em denúncias gravíssimas enlameando ainda mais o nome da cidade com aluguel de salas comerciais ao valor de R$ 7 mil que não foram utilizadas por nenhum vereador que foi denunciado pelo vereador Queiroga, vamos esperar para os próximos capítulos que ainda vem muita lama suja para o parlamento santarritense.

 

Lamartine do Vale