Vereador pede que PMJP repasse bolsa aos concursados da Guarda Municipal e verba ao Hospital Napoleão Laureano

renato m 11O vereador Renato Martins (PSB) pediu o pagamento da bolsa devida aos aprovados no concurso público da Guarda Municipal de João Pessoa que fazem o Curso de Formação. Além disso, ele cobrou o repasse de verba ao Hospital Napoleão Laureano pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Segundo o parlamentar, em ambas as situações, há atraso. O pronunciamento foi realizado na sessão ordinária desta terça-feira (19), pela manhã, na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

 

“Continuamos com o atraso do pagamento das bolsas destinadas aos concursados da Guarda Municipal que fazem o curso de formação. Há o impasse da pane no sistema do portal da PMJP, provocada por um vírus, o que teria dificultado esse pagamento”, alegou Renato Martins. O parlamentar disse que os jovens estão fazendo o curso e têm dificuldades em casa porque todos tiveram que deixar seus empregos para participar do Curso de Formação.

 

“Essa é uma situação emergencial. Neste exato momento, essas pessoas estão fazendo o curso de formação sem saber o que terão para comer à noite em casa. E o gasto para pagá-los é irrisório, pois, com isso, gastaria-se bem menos do que com times de futebol”, comentou Renato. “Além de estarem desempregados e não receberem a bolsa, muitos deles aguardam uma nomeação que não acontece”, complementou Lucas de Brito (DEM).

 

Outra questão abordada pelo parlamentar diz respeito ao que acontece com o que ele nomeou de ícone na luta do combate ao câncer na Paraíba: o Hospital Napoleão Laureano. “Uma nova época na nova política administrativa do hospital, que está com o repasse de verbas provenientes do município atrasado. O tratamento do câncer é duro e caro”, alertou Renato Martins.

 

De acordo com o parlamentar, a população vive hoje uma luta contra a doença e frisou que o câncer já virou uma epidemia na sociedade moderna, acometendo mais pessoas do que em qualquer outro momento da História.

 

“Peço que a situação na Casa se utilize do prestígio e da respeitabilidade que tem diante do Executivo Municipal para pedir que repasse a verba para o Napoleão Laureano, porque a situação é de vida ou de morte”, solicitou o vereador.

 

Em aparte, Bruno Farias (PPS) afirmou que esteve nesta segunda-feira (18) no Hospital Napoleão Laureano,  com o vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira (PPS), e uma equipe de médicos e do departamento jurídico da unidade hospitalar. “Tivemos uma conversa muito franca e positiva, e não tenho dúvidas de que tudo caminhará para a resolução dos entraves burocráticos existentes”, garantiu.

 

Na ocasião, Bira (PT) afirmou que não há atrasos com relação ao repasse de verbas ao Napoleão Laureano. “Está em realização uma auditoria interna, inclusive, o repasse de setembro pode ser pago até o final de novembro. Isso foi o que me confirmou o secretário de Saúde da Capital, Adalberto Fulgêncio”, assegurou.

 

Haryson Alves