Vereador petista vota pela permanência do ‘Cremosinn’ e cobra secretário de Indústria e Comercio de Santa Rita

O vereador Sebastião Bastos (PT), confirmou seu voto nesta quarta-feira (26), em sessão extraordinária no plenário da Câmara de Santa Rita-PB, ao projeto de Lei que assegura novo prazo de concessão do terreno onde está sendo construída a nova fábrica do Cremosinn, em Várzea Nova. A votação em plenário foi a unanimidade pelos vereadores acabando assim, o impasse de de dez meses para o entendimento entre o prefeito de Santa Rita e o proprietário do Cremosinn de Santa Rita-PB.

Após confirmar seu voto pela estadia da empresa Cremossinn no plenário da Câmara que assegura aproximadamente 100 famílias e gera divisas para o município, o vereador petista cobrou do prefeito Panta o secretário para a panta da Secretaria de Indústria e Comércio da prefeitura, que segundo o parlamentar é uma pasta tão importante que cuida do comércio e da indústria, aonde na oportunidade o representante da pasta tem como finalidade de formalizar um cadastro das empresas e que cuida sobre a geração de emprega e renda além de uma política de valorização para os trabalhadores a exemplo da FIEP, haja vista, que houve esse impasse entre o prefeito Panta e a empresa Cremosinn que durou dez meses para Sua aprovação e permanência da empresa e o projeto de construção de uma novo prédio, além de em vez de embargar as empresas é melhor negociar antes que elas resolvam abandonar o município e deixar o povo desempregado, Declarou o vereador Sebastião do PT.

O vereador Sebastião do PT ressaltou também que é sindicalista a 30 anos e sabe do valor da vida de uma empresa na geração de emprego e renda, e o papel de uma secretaria que cuida da saúde das empresas e como elas andam, além do papel de dialogar com a CINEP que cuida da vida das empresa em nível estadual dos investimentos e empreendimentos nos municípios para gerar rendas e garantir empregos para a cidade e, a exemplo da Alpargatas que demitiu recentemente 500 pais de famílias e o impasse entre a prefeitura de Santa Rita empresa tomou publicidade em nível de estado e principalmente na mídia e a Câmara de Santa Rita tomou a responsabilidade para si e intermediou o diálogo para a aprovação do projeto hoje e que a empresa terá vida própria no município beneficiando as famílias santarritenses com sua permanência,, concluiu Sebastião do PT.

Lamartine do Vale