João Pessoa 20/03/2019

Início » Câmara em foco » Vereador propõe mudanças no regimento interno da Câmara para garantir lei demandas da saúde dos santarritenses

Vereador propõe mudanças no regimento interno da Câmara para garantir lei demandas da saúde dos santarritenses

O vereeador elegou que em todas as sessões ordinárias da Câmara de Santa Rita comparecem cidadãos e fazem apelo para utilizar a tribuna para reclamar da saúde da prefeitura de Santa Rita.

Devido a procura dos cidadãos de Santa Rita nos dias de sessões em plenário da Câmara de Santa Rita-PB, para utilizar a tribuna para reclamar das demandas da saúde que não estão sendo atendidas pela secretaria de saúde que possuem uma patologia crônica e dependem de medicamentos para sobreviver e que são assalariados e não tem condição de comprar e tem procurado a Câmara de Santa Rita para expor o problema na tribuna, para tanto,  o vereador socialista Carlos Pereira Jr (PSB), propôs na sessão desta terça-feira (19), mudanças no regimento interno da Câmara Municipal para garantir aos cidadãos que toda a sessão permita um cidadão usar a tribuna e relatar das demandas da prefeitura de Santa Rita.”Todas as sessões ordinárias comparecem cidadãos e pedem para utilizar a tribuna da Câmara para fazer relatos das demandas que a secretaria de saúde não está distribuindo os medicamentos de pessoas com patologia crônica ou nos casos de alta complexidade que a secretaria de saúde” não quer atender e, com isso, a cada dia a complexidade nos serviços de Saúde de municpal vem comprometendo a saúde daqueles que mais precisam e que não tem condição de adquirir o medicamento ou até em casos de cirurgias que são pactuados na capital.

José Honorato de 64 anos de idade, aposentado, portador do Diabetes vem a quatro meses na porta da secretaria de saúde e denunciando em áudio e vídeo nas redes sociais, que segundo ele, já estar com 30% da visão comprometida, problemas cardíacos, e possui um dos membros inferior (perna) que foi amputada e necessita de uma nova prótese e a gestão Panta não concedeu ainda pelo fundo municipal de saúde e que a gestão vem negando, além de outro cidadão bastante conhecido por Paulo Manoel de 53 anos, aposentado com patologia neurológicas e psicológicas que depende de vários tipos de medicamento para sobreviver e, que comparece na secretaria para pegar o referido medicamento e os servidores dizem que estar faltando e foi a Câmara usou a tribuna e a vereadora Vanda de Vasconcelos doou os medicamentos e o “paciente disse que estava pedindo aos vereadores mas a obrigação e da gestão Panta” e que depende o medicamento para estabelecer sua saúde e que foi internado oito vezes no Juliano Moreira”, disse.

Veja o vídeo do vereador apelando aos vereadores para realizar a mudança no regimento interno da Câmara para escutar o povo e garantir em lei a população perto do parlamento.

 

Lamartine do Vale