Vereador se destaca por trabalhos voltados à Zona Sul de JP - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Vereador se destaca por trabalhos voltados à Zona Sul de JP

SERGIO DA SAC LLO vereador Sérgio da SAC (PSL) apresentou 146 matérias na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) durante 2013, conforme os dados disponíveis no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL) e no Expediente da Casa. Neste semestre, o vereador apresentou 77 matérias; 11,5% a mais que no primeiro (69). Do total de proposições deste ano, foram 130 Requerimentos, oito Projetos de Decreto Legislativo (PDLs), seis Projetos de Lei (PL), um Projeto de Resolução (PR) e uma Indicação ao Executivo Municipal.

 O parlamentar concentrou suas atividades em defesa de problemas enfrentados pelos moradores da Zona Sul da Capital. Sérgio da SAC iniciou o ano reivindicando a pavimentação de 73 ruas no bairro Valentina de Figueiredo, e, até este mês, ainda apelou pela ação em 30 ruas da localidade. De acordo com ele, as obras já foram aprovadas pela CMJP. Ele ainda apontou problemas nos Bancários e em estradas da Zona Sul.

 “As estradas que dão acesso às praias da Zona Sul, que vão de Paratibe a Barra de Gramame, precisam de asfalto, ciclofaixa e alargamento. Além disso, nos Bancários, a rede de esgoto está falha. Quando chove, dejetos e água correm a céu aberto e daí surgem as doenças, dificuldades de se locomover, entre outros problemas”, elencou Sérgio da SAC, desde suas primeiras reivindicações feitas neste ano.

 As principais temáticas dos requerimentos apresentados pelo parlamentar foram sobre obras de infraestrutura em diversos bairros da Capital, como pavimentação, tapa-buracos, drenagem, limpeza pública, iluminação pública, terraplanagem, instalação de lombadas e instalação de semáforos.

 Parlamentar solicitou UPA e centro de saúde para dependentes

 O vereador requereu a instalação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no prédio do Hospital Santa Paula, na Avenida João Machado, Centro. Sérgio da SAC pediu também a construção de um hospital para o tratamento de epilepsia, de um centro de saúde para dependentes químicos com atendimento multidisciplinar e de um hospital veterinário em João Pessoa.

 Além disso, ele cobrou o cumprimento da Lei nº 12.084/2011, que dispõe sobre a exposição de listagem de medicamentos genéricos, com seus respectivos preços, nas farmácias e drogarias do município. De acordo com o parlamentar, a lei que foi sancionada em 2011 não é cumprida pelas farmácias da Capital. “Estive em farmácias de João Pessoa e não encontrei a exposição dos preços dos medicamentos. A lei foi aprovada e sancionada em 2011, é de fácil acesso e é importantíssima. Não é possível chegar em farmácias nas quais haja a venda de medicamentos genéricos e não encontrar essas informações”, destacou.

 Parlamentar pede carteira de estudante gratuita para alunos da rede municipal de JP

 O vereador defendeu a gratuidade na emissão de carteiras de estudante para alunos da rede municipal e a criação de uma linha telefônica direta entre a Guarda Municipal, a Patrulha Escolar e as escolas de João Pessoa. Ele ainda cobrou o cumprimento da Lei nº 12.178, que obriga o Conselho das Carteiras de Estudante a colocar uma frase educativa “Diga sim ao Esporte e não às Drogas e ao Álcool” no verso do documento.

 “Até hoje, mesmo aprovado, o projeto não sai do papel e passa para a fase de cumprimento da lei”, criticou o vereador, que solicitou, através de ofício, que o Ministério Público da Paraíba (MPPB) e a Secretaria de Educação e Cultura do Município (Sedec) façam fiscalizações. Outra matéria do parlamentar dispõe sobre a divulgação de fotos e informações, em telões ou placares eletrônicos nos estádios de futebol, a respeito de crianças e de adolescentes desaparecidos.

 Parlamentar discute transporte público coletivo e homenageia AA

 O serviço de transporte público coletivo na Zona Sul foi tema de uma audiência pública proposta por Sérgio da SAC, que é morador da região e classificou o serviço na localidade como precário. Na ocasião, parlamentar, líderes de entidades, de órgãos públicos e cidadãos discutiram questões como ônibus quebrados, superlotação, falta de veículos adaptados para cadeirantes, insegurança e atraso nos horários. As reclamações dos moradores da localidade abordaram as péssimas condições e os poucos veículos da frota, que não atende à demanda de passageiros da região.

 Sérgio da SAC também comemorou os 78 anos de existência dos Alcoólicos Anônimos (AA) durante uma sessão especial na CMJP. Conforme o vereador, o alcoolismo é a terceira doença que mais mata no mundo, e é primordial o estímulo aos organismos que trabalham em favor da recuperação dos dependentes do álcool. “O álcool é a porta de entrada para todas as outras drogas. Quem não conhece os problemas que o alcoolismo traz para uma família? Essas pessoas perdem tudo, saúde, emprego, dinheiro e inclusive a vida. Depois de fazer tanto por mim, sinto-me na obrigação de fazer alusão a tão belo trabalho e homenagear aqueles que salvam tantas vidas pelo mundo afora”, elogiou.

 Haryson Alves