Vereadora aborda homenagem às mulheres em entrevista ao Jornal da Câmara - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Vereadora aborda homenagem às mulheres em entrevista ao Jornal da Câmara

Raissa mulherA vereadora Raíssa Lacerda (PSD), em entrevista ao jornalista Edmilson Lucena, no Jornal da Câmara (JC) desta quarta-feira (12), falou sobre o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, e explanou sobre a homenagem que vai fazer a algumas das mulheres que se destacam na sociedade pessoense. A sessão especial vai acontecer no plenário da CMJP, às 16h desta quinta-feira (13). O JC é transmitido ao vivo, às terças, quartas e quintas-feiras, pela TV Câmara JP, canais 23 (Net) e 52 (aberto).
“O dia 8 de março é uma data simbólica para homenagear as mulheres, no entanto, elas devem ser homenageadas todos os dias. Lembro que nesse dia, em 1857, operárias de uma fábrica de tecidos situada na cidade norte-americana de Nova Iorque fizeram  greve reivindicando melhores condições de trabalho. A manifestação foi reprimida e as mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada, o que resultou na morte de, aproximadamente, 130 tecelãs carbonizadas”, lembrou a vereadora.
Raíssa Lacerda falou que só em 1975 o Dia Internacional da Mulher foi criado com a intenção de sejam realizardas conferências, debates e reuniões com o objetivo de discutir o papel da mulher na sociedade atual. “Precisamos nos empenharmos para contribuir com a diminuição do preconceito e combater a desvalorização da mulher. Durante nossa sessão especial vamos discutir as políticas públicas voltadas para esse segmento, assim como também vamos debater os avanços já obtidos e as novas lutas que devem seguir. A mulher deve ser sempre homenageada”, afirmou.

Assessoria

 

Vereadora vai homenagear mulheres atuantes em JP
A parlamentar vai oferecer honrarias a mulheres que se destacam na sociedade pessoense. Ela fez questão de enfatizar que as escolhidas para receber o Diploma de Honra ao Mérito da CMJP formam um quandro ilustrativo já que não poderia incluir mais nomes por força da legislação. Serão homenageadas as seguintes mulheres: a primeira-dama da CMJP (esposa do presidente Durval Ferreira), Maria do Socorro Lima, que também se destaca pela sua atuação em trabalhos religiosos; a diretora-geral da CMJP,  Vaneide Araújo; a diretora executiva do Sistema Correio de Comunicação da Paraíba, a empresária Beatriz Ribeiro; a desembargadora do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), Maria das Neves do Egito de Araújo Duda; a coordenadora da Fundação Solidariedade, Núbia Virgínia Almeida Gonçalves da Silva; a coordenadora da Rede de combate ao Câncer, Moema Carneiro Arnaud; a jornalista e apresentadora Jasa Costa; e a empresária Karina Costa;

 

Também estão na lista a delegada da mulher Maísa Félix Ribeiro de Araújo; as representantes das mulheres DeMolay (Maçons iniciantes), Heda de Lima Cavalcanti e Maria de Fátima Urtiga Queiroga Diniz; a diretora de Jornalismo do Sistema Correiro de Comunicação da Paraíba, Sony Lacerda; a juíza Agamenilde Dias Arruda Vieira Dantas; a servidora do Setor de Apoio Legislativo da CMJP, Janete Augusto Almeida; além das jornalistas Mirna Barbosa, Cláudia Carvalho, Beth Torres, Angélica Lúcio e Bete Menezes Meireles; e a colunista social e apresentadora de TV, Tereza Madalena.
Raíssa Lacerda também abordou outros temas durante a entrevista. De acordo com ela, a representação feminina nas bancadas dos legislativos do País ainda se encontra reduza devido à dupla jornada de trabalho que todas as mulheres desempenham no cotidiano. Ela ainda falou sobre três ações de seu mandato que estão em andamento na cidade: a solicitação da construção do Hospital Municipal da Mulher; e duas leis que reservam percentuais de unidades habitacionais destinadas às mulheres de baixa renda e às mulheres vítimas de violência doméstica. A parlamentar ainda incentivou mães e jovens a aderirem à campanha de vacinação do HPV.

 

 

 

Damião Rodrigues