Vereadores assinam nota detonando presidente da Câmara de Cabedelo por fechar Casa por ‘problemas elétricos’

lucas santinoAs coisas não estão nada fáceis para o presidente da Câmara de Cabedelo Lucas Santino (PMDB) que esta semana anunciou o fechamento do Poder Legislativo na cidade portuária com a alegação de que ‘problemas elétricos’ atrapalharam a realização dos trabalhos. Com a medida, a Casa que não realizou sessão nesta terça, 10, também estará impedida de promover a sessão nesta quinta, 12.

O ato provocou a revolta de oito parlamentares que inconformados com a medida, enviaram uma nota a imprensa definindo a manobra da Mesa Diretora como ‘descabida’ e ‘antidemocrática’, forçando os parlamentares a contratarem um carro de som para protestatarem contra a medida.

medida.

Um dos parlamentares chegou a se surpreender com o ‘fechamento’ da Câmara de Cabedelo:

“Como é que ele (Lucas) gasta uma nota com a reforma do prédio e agora as instalações não prestam e apresentam problemas elétricos?”, questionou o vereador pedindo anonimato.

Confira a Nota de Esclarecimento na íntegra:

 

Os vereadores que fazem parte do Bloco de Situação da Câmara de Cabedelo vêm a público esclarecer que as sessões ordinárias não estão sendo realizadas por manobra da Mesa Diretora, sob a orientação do presidente, vereador Lucas Santino. O parlamentar chegou ao ponto de fechar o prédio-sede da Câmara Municipal, sem comprovada situação de impedimento para os trabalhos, ou indicação de um outro local como opção para realização das sessões, conforme prevê o Regimento Interno da Casa.

 

A medida arbitrária, descabida e antidemocrática obstaculizou a apreciação das proposituras em curso na Câmara de interesse do município, prejudicando, dessa forma, toda a população cabedelense. Assinam a nota, os vereadores:

 

Junior Datele.. PEN

Josué Goes. PSDB

José Pereira. PSDB

Marcio Bezerra. PSDB

Jackeline Monteiro PRP

Reinaldo lima. PSDB

Belmiro Mamede. PRP

Arthurzinho Cunha Lima. PRTB

PB Agora