Vereadores ignoram recomendação de Romero e devem antecipar eleições na Mesa diretora da Câmara de CG - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Vereadores ignoram recomendação de Romero e devem antecipar eleições na Mesa diretora da Câmara de CG

vereadores antecipam eleiçãoApesar da orientação  do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) ao presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereador-Nelson Gomes Filho (PRP), para segurar o processo de escolha da nova mesa diretora do Legislativo, para o biênio 2015/2016, 14 vereadores assinaramontem (19) requerimento em prol da antecipação da eleição na próxima quarta-feira (26).

Diante de um cenário aparentemente desfavorável em decorrência do rompimento do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o governador Ricardo Coutinho (PSB), o prefeito Romero Rodrigues (PSDB), pediu ao presidente da casa, vereador-Nelson Gomes Filho (PRP), para segurar o processo de escolha da nova mesa diretora do Legislativo, para o biênio 2015/2016. A informação foi confirmada pelo próprio vereador Nelson Gomes. Mesmo tendo maioria na Casa, a base de Romero ficou fragilizada com o rompimento. A líder do governo Ivonete Ludgério (PSB), e o vice-presidente da Casa Murilo Gaudino (PSB), garantiram que continuam na base do governo, mas votam em Ricardo Coutinho. O vereador Inácio Falcão (PTdoB), também já declarou apoio à reeleição de RC. Essas decisões poderiam se refletir negativamente para Romero no processo de escolha da Mesa Diretora da Casa de Félix Araújo.

Quem vem sendo cotado para substituir Nelson no comando da casa são os vereadores Laffite (PSC) e Pimentel Filho (PROS). Dos 21 vereadores 14 assinaram o requerimento em prol da antecipação da eleição. Como os vereadores que querem a antecipação representam mais de 66% dos membros da casa a proposta deve ser levada a votação em plenário e tem grandes chances de ser aprovada.

Nelson já antecipou que não pretende disputar a reeleição de presidente. “Nem se fosse um pedido do prefeito eu aceitarei disputar novamente a presidência”, disse. Recentemente vários vereadores de Campina Grande manifestaram o interesse em antecipar as eleições para aMesa Diretora com vistas ao biênio 2015-2016. O atual Regimento Interno do Parlamento campinense prevê o pleito para dezembro deste ano, mas os parlamentares querem mudar o calendário para este semestre. O presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Nelson Gomes (PRP), revelou que não é contra a antecipação da eleição da mesa diretora da Casa. – Para mim, isso não tem nenhum ponto negativo, até porque eu mesmo antecipei uma eleição – declarou o presidente.

De olho na cadeira hoje ocupada pelo vereador Nelson Gomes (PRP), alguns vereadores já começam a manifestar o desejo de presidir o Legislativo Campinense. O vereador Hércules Lafite (PSC), por exemplo, declarou que seria uma honra suceder Nelson, mas uma missão difícil. O vereador Lula Cabral (PRB) explicou que a preocupação é evitar que a próxima eleição da Mesa seja influenciada pelo resultado do pleito de outubro de 2014, quando vários vereadores vão concorrer à reeleição.

“Sabemos que vários vereadores serão candidatos a deputado. Se perderem, vão querer pressionar para disputar a presidência da Câmara em dezembro deste ano. Por outro lado, um suplente pode assumir em definitivo com a eleição de um vereador para Assembleia e também querer o cargo de presidente do Legislativo. Por isso, é importante esta antecipação”, justificou o vereador Lula Cabral.

O vereador Hércules Lafite também é a favor da antecipação, mas explicou para a necessidade de a maioria subscrever a proposta de antecipação. “Para antecipar a eleição, é necessário alterar o Regimento Interno da Câmara Municipal por meio de uma emenda. São necessários 16 votos (2/3) dos 23 do plenário”, ressaltou Lafite, que é cotado para disputar a presidência da CMCG. O vereador Napoleão Maracajá (PCdoB) disse que concorda com a antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Campina Grande, desde que seja para melhorar a Casa de Félix Araújo. – Se for com essa proposta de melhorar os trabalhos da Câmara e torná-la mais eficiente e produtiva terá meu apoio. Agora, não podemos é trocar seis por meia dúzia e piorar aquilo que não é bom – declarou o vereador.

Também integram o grupo que defende a antecipação da eleição os vereadores Marinaldo Cardoso (PRB), Saulo Noronha (DEM), Alexandre do Sindicato (Pros), Vaninho Aragão (DEM) e Murilo Galdino (PSB), entre outros.

 

PBAgora