Veridiana Freitas revela que desistiu das mulheres e dos ‘brinquedinhos’

veri doisVeridiana Freitas (Foto: Anderson Barros / Paparazzo)

Nos bastidores do Paparazzo, Veridiana Freitas contou que desde seu último ensaio para o site – este é o terceiro dela – muita coisa mudou. Viciada confessa em brinquedinhos de sex shop e adepta do uso do vibrador, Veridiana disse que ainda mantém sua coleção de apetrechos em casa, mas tem cada vez mais preferido outra forma de chegar ao clímax: “Sempre usei brinquedinhos, mas hoje em dia estou manual. Prefiro o meu dedinho (risos)”.

Veridiana também garante não se sentir mais atraída por mulheres. “Recebo mais cantada de mulher tanto famosa quanto anônima. Isso desde criança. Mas hoje em dia sou foco total em homem, tenho pavor de mulher e não me vejo mais com mulher nenhuma”, fala ela, que no passado revelou já ter ficado com Fernanda Lacerda, a Mendigata.

Nada de ménage
A mudança de postura em relação ao sexo com outras mulheres não deixou espaço nem mesmo para um relacionamento a três. “Não tenho a menor vontade de fazer sexo a três, sou muito ciumenta, o que é meu é meu e não quero dividir com mulher nenhuma. Sou voraz, tenho que engolir o cara sozinha”, afirma.

Para evitar o assédio feminino, ela diz que brinca e se faz de louca. “Faço de conta que não é comigo, mas já teve mulher que tentou me agarrar em banheiro, que me chamou pra viajar, que me ofereceu mesada para eu ser namorada dela. O público de mulheres está aumentando muito mais do que o dos homens porque eles se assustam enquanto elas avançam total. Por ser loirona, olho azul, cabelão, acho que a mulher pira com isso”, avalia.

Ao olhar para trás, ela afirma não ter tido mais de 50 parceiros sexuais na vida. “Não foram tantos, juro. Porque quando estou ‘noiada’ numa pessoa estou ‘noiada’ na pessoa”, garante.

Sonho de consumo
Quando o assunto é o tipo de homem que personificaria seu sonho de consumo, Veridiana foge do comum e não aponta nenhum modelo ou galã de TV. Sem dúvidas, ela dispara: “Álvaro Garnero (empresário).  É um cara mais velho, que nem é minha preferência geralmente. Porque a  elegância dele é tão grande… Homem para mim tem que ser charmoso. Elegância é maior que dinheiro, poder, tudo”.

Veridiana Freitas (Foto: Anderson Barros / Paparazzo)
Veridiana Freitas (Foto: Anderson Barros / Paparazzo).
Ego