Vice-prefeito admite afastamento de Reginaldo por "nepotismo" - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Vice-prefeito admite afastamento de Reginaldo por “nepotismo”

NetinhoO vice-prefeito de Santa Rita, Netinho de Várzea Nova (PR), afirmou hoje que o prefeito Reginaldo Pereira (PRP), com quem oficializou o rompimento na semana passada, pode ser afastado do cargo por causa de uma denúncia de prática de nepotismo apresentado na Câmara Municipal: “Ninguém aguenta. Foi apresentado um processo por nepotismo e a Câmara está investigando isso. A maioria dos cargos de secretários é ocupada por pessoas da família de Reginaldo Pereira e a Câmara pode afastar o prefeito do cargo por causa do grande número de parentes empregados”.
Além disso, Netinho acrescentou que Reginaldo responde a outro processo por ter passado 17 dias nos Estados Unidos sem efetivar a transmissão do cargo para o vice.
Ao ser interpelado pelo ouvinte Luciano do Lyceu Paraibano, que o acusou de deixar a gestão municipal “atirando” no prefeito, Netinho afirmou que o interlocutor estaria “empregado” na prefeitura e receberia salário para defender o prefeito nas emissoras de rádio: “É triste ver que o prefeito tem que recorrer a pessoas de João Pessoa para defendê-lo no rádio porque em Santa Rita ele não encontraria ninguém”, ironizou.
ParlamentoPB
O vice-prefeito reafirmou que sua decisão de romper com o gestor foi tomada em conjunto com seus aliados e garantiu que entregou cerca de 10 cargos que havia indicado na administração municipal. Ele citou o que classificou de “falta de compromisso com a gestão pública” por parte de Reginaldo Pereira como razão preponderante para formalizar o distanciamento.