Vice-prefeito destaca acomodações de parlamentares e nega desfiliação do PMDB

O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), participou do evento comemorativo aos 70 anos da Câmara de Vereadores de João Pessoa e disse ter sempre uma relação muito boa com o Legislativo Municipal porque acredita que através dela que se melhora qualidade da prestação dos serviços.

“A representatividade dos poderes tem que existir em harmonia”, disse.

Sobre a movimentação de lideranças políticas que perderam o comando de partidos, o vice-prefeito não teme que o mesmo ocorra dentro do PMDB e vê com naturalidade as acomodações porque vão sempre existir nos anos pré-eleitorais porque limitam a troca de partidos e a movimentação daqueles que pretendem se colocar melhor para o processo eleitoral.

“Esse pluripartidarismo no Brasil gera uma certa anarquia, mas o PMDB é um partido já consolidado. Ainda é o maior partido do Estado com uma grande bancada estadual, federal, com prefeitos e vices e vereadores. Eu espero que no próximo ano se renove essa tendência do PMDB se manter o maior partido do Estado”, ressaltou.

Manoel Junior afirmou ainda que não há nenhuma motivação para se desfiliar do PMDB e que tem responsabilidade muito grande e terá muito mais, a partir de abril do ano que vem, em representar o partido no comando da maior cidade do Estado.

Segundo ele, as pesquisas qualitativas e quantitativas sobre as quais tem se referido, elas mostram que dentro do campo das oposições, o nome de Cartaxo sobressai, daí a possibilidade quase certa que assuma a titularidade do cargo de prefeito.

Paraíba Online