Vídeo: Cidadão diabético, cardíaco e com perna amputada, se diz perseguido pela gestão Panta sem medicamentos e aciona TJ-PB

Vídeo: Cidadão diabético, cardíaco e com perna amputada , se diz perseguido pela gestão Panta sem medicamentos e aciona TJ-PB

“Enquanto nós fossem prefeito José Honorato não receberá um comprimido”, foi o que repassaram para o cidadão José  Honorato que é Cardíaco, Diabético e possui um membro inferior amputado (Perna direita) e que depende de vários medicamentos para sobreviver e alega está sendo perseguido pela gestão Panta,que logo após emitir opinião contrária a gestão municipal seus medicamentos foram negados, José Honorato disse ainda a reportagem do Paraíba Urgente que é idoso e com diversas patologias que é determinado por lei receber o medicamento más o prefeito Panta vem negando quando chego aquela secretaria de Saúde, declarou.

“Este mês recebi o medicamento que é de responsabilidade da gestão Panta por um amigo no anonimato que obteve a informação por meios de rede social e se compadeceu e fez a doação que passo por momentos ruis de saúde de sua vida e o poder público se nega a conceder o direito, e no momento oportuno o cidadão prejudicado apelou aos desembargadores do TJPB, juízes e o Ministério Público para que venha a ter o benefício de obter o medicamento para sobreviver e que lhe é de direito e que estão sendo negados”, disse.

José Honorato disse que em o profissional médico atestou laudo médico com “dor crônica incurável além da patologia aonde foi ocasionado a lesão para amputação do membro interno (perna) e a constatação da péssima circulação nos membros” que a gestão do prefeito Panta insistir em negar os referidos medicamentos para minha sobrevivência e o próprio prefeito se sobrepõe a justiça e o que eu quero é o direito da vida, desabafou o usuário idoso que tem seus benefícios de medicamentos negados por perseguição segundo ele José Honorato.

Na eleição de 2016 para prefeito o senhor Emerson Panta disse que teria pesquisa de 95% de demandas e deficiências e que a saúde seria prioridade e logo após assumir não vem cumprindo e o povo morrendo e o fundo de saúde não é acionado e que eu, José Honorato era amigo da família do prefeito e correligionário a mais de 30 anos e hoje necessito dos medicamentos para sobrevive e são negados por perseguição política, lembrou.

A reportagem do portal Paraíba Urgente tentou o contato com a secretária de saúde para intermediar uma solução para o impasse criado mas não obteve contato, a reportagem vai realizar uma visita em loco.

Lamartine do Vale