Vigilantes adere a greve dos professores em Santa Rita; “Grevista diz que a tendência é paralisar todos os setores”.

Vigilantes adere a greve dos professores em Santa Rita; “Grevista diz que a tendência é paralisar todos os setores”.

greve fogo doisOs professores de Santa Rita após decretar greve por tempo indeterminado e pedir o bloqueio das contas bancárias da prefeitura de Santa Rita, nesta segunda (25), pela divisão do salário atrasados de dezembro de 2015 em duas parcelas,  e que o prefeito Netinho não cumpriu a quatro meses, o magistério ganha força e o apoio de uma categoria muito importante da prefeitura com mais de 600 servidores que vai dar mais fôlego para o movimento grevista até a prefeitura se pronunciar em arrumar uma solução para pagar os salários atrasados por que a tendência é que os outros setores que não recebem seus salários incorpore e paralise suas atividades. “Sem dinheiro ninguém trabalha como disse o próprio prefeito Netinho aos servidores no Sinfesa”, é de direto.

A categoria dos vigilantes a sessenta dias com seus salários atrasados acompanhando a novela dos professores aproveitaram a mobilização do magistério e deflagram greve também e seguiam em ato público enfrente a prefeitura de Santa Rita durante quase duas horas de protesto pelos seus salários que não recebem a dois meses.” O prefeito Netinho e o secretário de educação de Santa Rita a sessenta dias sem nos pagar argumentam que o Fundeb 40 – para nos enrolar, boa parte da categoria são graduados prefeito o senhor engana outro, queremos nosso dinheiro que adentrou nos cofres e o senhor não quer pagar,” enfatizou o vigilante Marcos.

A categoria de vigilantes segue firme no propósito até receber seus salários que soma com o magistério paralisado com o pedido de bloqueio das contas bancárias da prefeitura através da justiça, “que é a única solução de garantir até o 5º dia útil trabalhado”, “ estamos conversando com o setor de trânsito de Santa Rita que é mais uma categoria sofrida que o prefeito Netinho vive conversando e nada cumpre e que pretende nas a categoria nas próximas horas aderir ao movimento grevista. Até agora o prefeito Netinho não se pronunciou e sem o dinheiro nas contas ninguém volta aos postos de trabalho, disse marcos Nascimento.fotos protesto

Lamartine do Vale.