Wilson Filho nega interesses eleitorais em criação de ‘Frente por JP’: ‘não é frente das oposições’

wilson-filhonega interesseO deputado Federal, Wilson Filho (PTB), desconversou que seja pré-candidato a prefeito de João Pessoa e afirmou que a Frente Pelo Desenvolvimento de João Pessoa apenas une pessoas que querem debater João Pessoa, não apenas políticos.

Em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação nesta segunda-feira (10), o deputado explicou a frente como uma espécie de ‘troco’ ao boom de visibilidade do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), com a pesquisa onde apareceu com 70% de aprovação da gestão e com o pacote de obras até o final do ano.

“A frente surge para debater os problemas da cidade. Começou-se a atitude de alguns membros da gestão municipal dizendo que a cidade estava perfeita… João Pessoa está longe de estar perfeita. ideal. Temos a capital do estado que aproxima-se de um milhão de habitantes e claramente não está preparada”, destacou.

Wilson Filho afirmou que a Frente não tem líderes e que une pessoas que querem “debater João Pessoa”, não apenas políticos, mas especialistas e pessoas de várias instituições. “A frente vai debater os problemas da cidade e apontar, apontar o que está errado e tentar solucionar os problemas na Saúde, Segurança, Mobilidade Urbana, Turismo… João Pessoa é belíssima, mas é forte por causa do povo, tem uma das piores saúdes, é a cidade mais violenta do Brasil…”, afirmou.

O deputado aproveitou ainda para lembrar que o Governo Federal liberou quase R$ 1 bilhão para obras de Mobilidade Urbana, mas que não há um plano de mobilidade.

Questionado sobre se sua pré-candidatura a prefeito enfraqueceria a frente, o deputado afirmou que ninguém nunca o ouviu dizer isto, apontando apenas que o PTB quer “participar diretamente das discussões sobre a cidade, assim como o PMDB, o PTN quer, os vereadores…”.

“A discussão de todo mundo que se une neste momento não é em torno de aliança política, a frente não é das oposições, mas pelo desenvolvimento de João Pessoa e é nesse sentido que estamos nos reunindo para tentar vencer esses obstáculos e fazer João Pessoa tranquila como era antes, uma cidade que orgulha os paraibanos”, concluiu.

Apesar de desmentir os interesses eleitorais, o deputado que é Federal, reuniu apenas as oposições na reunião e começa a aparece como contraponto à gestão de Cartaxo. A questão que fica é a demora para se ‘debater João Pessoa’ e porque não desde o início da sua legislatura.

Marília Domingues / Fernando Braz