João Pessoa 25/04/2019

Início » Destaque » WS analisa futura gestão e possíveis efeitos de João Corujinha na presidência da Câmara Municipal de JP

WS analisa futura gestão e possíveis efeitos de João Corujinha na presidência da Câmara Municipal de JP

O jornalista Walter Santos aborda a nova fase da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), que entrará em vigor com  a ascensão do vereador João Corujinha (PSDC) à Presidência da Casa, sucedendo o atual gestor, o vereador Marcos Vinicius (PSDB).

Confira o texto na íntegra:

Consolidação de João Corujinha cria novo ciclo na Câmara diante de desafios e expectativas


A partir de janeiro, a Câmara Municipal de João Pessoa passa a contar com o vereador João Corujinha à frente da presidência do Legislativo sucedendo ao atual presidente Marcos Vinicius fruto de acordo construído na última disputa com Durval Ferreira sem o qual a história seria absolutamente outra.


João Corujinha é um professor acostumado com o difícil mercado da educação privada tendo acumulado a experiência de gestão de resultados sem a qual não estaria consolidado  na vida empresarial e na politica partidária.


Quem o acompanha há algum tempo testemunha a figura de um vereador de perfil moderado, de fácil diálogo e focado nos seus projetos / metas, tanto que consolidou sua ascensão na presidência com habilidade e acompanhamento milimétrico para evitar surpresas no processo como tanto se especulou.


Em que pese a forma cordata de ser, nem de longe significa sem opinião nem vacilante no posicionamento firme sobre a nova fase que lhe espera.


Ao lado de uma Mesa eclética formada por nomes como os líderes do Governo, Fernando Milanez Neto, e de Oposição, Léo Bezerra, o futuro presidente diz que está em fase de reflexão e construção de métodos e equipe para atender a alta expectativa à frente. Ano que vem o líder da Oposição será o vereador Marcos Henriques.


Trocando em miúdos, agora é conviver com a contagem regressiva.

Wscom